Do x Make

Esses dois verbos são frequentemente confundidos pelos faltantes de Língua Portuguesa. O significado é similar, mas há diferenças entre eles.


“DO” PARA ATIVIDADES
Use o verbo para expressar atividades diárias ou trabalhos. Observe que trata-se geralmente de algo que não produz objetos.
Exemplos
do homework (fazer o tema de casa)
do housework (fazer atividades domésticas)
do the ironing (passar roupa)
do the dishes (lavar a louça)
do a job (fazer um trabalho)

“DO” PARA IDEIAS EM GERAL
Use o verbo para falar de coisas em geral. Em outras palavras, quando não nomeamos a atividade que fazemos. Por isso, o verbo nesse caso é geralmente usado com palavras como something, nothing, anything, everything, etc.
Exemplos
What do you do on Sundays? (O que você faz aos domingos?)
He does everything for his mother. (Ele faz tudo pela sua mãe.)
She’s doing nothing at the moment. (Ela não está fazendo nada no momento.)

EXPRESSÕES IMPORTANTES COM “DO”
Existem certas expressões padronizadas que levam “do”, geralmente com a fórmula verbo + substantivo, em inglês.
Exemplos

do one’s best (fazer o melhor)
do good (fazer o bem)
do harm (fazer mal – como misturar comidas diferentes)
do a favour (fazer um favor)
do business (fazer negócios)



“MAKE” PARA CONSTRUÇÃO E CRIAÇÃO
Use o verbo para expresser uma atividade que cria algo que você possa tocar.
Exemplos

make food (fazer comida)
make a cup of tea / coffee (fazer uma xícada de chá/café)
make a mess (fazer bagunça)

EXPRESSÕES IMPORTANTES COM “MAKE”
Existem algumas expressões padronizadas que levam “make”, geralmente com a fórmula verbo + substantivo, em inglês.
Exemplos

make plans (fazer planos)
make an exception (fazer uma exceção)
make arrangements (marcar encontros)
make a telephone call (fazer uma ligação)
make a decision (tomar uma decisão)
make a mistake (cometer um erro)
make noise (fazer barulho)
make money (fazer dinheiro, enriquecer)
make an excuse (inventar uma desclpa)
make an effort (fazer um esforço)

Texto de Thomas Mayo, antigo professor da escola

Esse post foi publicado em Linguística e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s