Chauvinist

A expressão foi pela primeira vez registrada no Dictionnaire de la Conversation, em 1834. A origem vem do nome de Nicolas Chauvin, um soldado que se tornou folclórico pelo obsessivo fanatismo que devotava a Napoleão Bonaparte.

Pouco tempo depois, nos Estados Unidos, Chauvin virou temas de espetáculos que ironizavam o seu patriotismo cego e seu nacionalismo exagerado.

Nos anos 1960, as feministas adaptaram a expressão para “male chauvinist pig”, referindo-se aos homens excessivamente machistas.

Portanto, “chauvinist” é uma pessoa que tem uma devoção fanática por algum tema – geralmente político ou religioso.

Esse post foi publicado em Cultura, Linguística e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s